Bitcoin na agricultura orgânica

A agricultura orgânica muitas das vezes tem que se esforçar ao máximo para poder vender seus produtos, já que a dificuldade é maior em relação a tradicional.

Portanto, muitas alternativas foram buscadas para que auxiliassem a essa categoria de agronegócio. Entretanto, nenhuma deu resultado positivo.

Eis então que alguns fazendeiros da Argentina encontraram uma forma de ter sucesso em suas vendas. Então surge a opção de vendas pela internet usando o bitcoin.

Assim conseguem de modo satisfatório vender seus produtos a clientes que buscam na agricultura orgânica uma alimentação mais saudável.

Zero taxas garantem maior lucratividade a agricultura orgânica

Ao utilizar o bitcoin como forma de recebimento, os agricultores de produtos orgânicos, não pagam nenhuma taxa e não precisam de intermediários.

Certamente uma melhor alternativa para esses trabalhadores, já que a partir dessa agricultura familiar tem a sua renda.

Para aumentar o número de sua clientela, seria necessário adotar outras formas de pagamentos, como cartão de crédito ou PayPal.

Entretanto, esses métodos necessitam de dinheiro para o seu uso e arcar com os seus custos. Assim muitas das vezes algo inviável, já que o produtor não possui um capital de imediato.

Certamente o bitcoin é a melhor opção para a agricultura orgânica, já que o agricultor consegue de imediato começar a vender seus produtos pela internet e de modo informal.

Lojas online na Argentina já comercializam produtos orgânicos e aceitam Bitcoin

Em Tierra Buena na Argentina, um grupo de agricultores orgânicos comercializam todos os seus produtos através de uma loja online.

Além disso, utilizam do bitcoin como principal forma de pagamento. Além de oferecer ao cliente, meios de acompanhar o pedido e conhecer mais sobre o produto adquirido.

Certamente ao usar o BTC como pagamento, o produtor não precisa ter bancos ou qualquer instituição financeira como um intermediário.

Assim uma vantagem bem positiva, além de ser algo mais prático de se usar. Além de fornecer um empoderamento ao pequeno produtor.

Bitcoin a ferramenta social da agricultura familiar

Por usar o bitcoin, o agricultor não necessita de liberação de uma empresa para comercializar os seus produtos, e muito menos pedir qualquer autorização de como usar o próprio dinheiro.

Podemos dizer também da semelhança entre a agricultura orgânica familiar e o bitcoin, já que os mesmo possuem uma estrutura totalmente descentralizada.

Sendo assim ambos tem uma tendência maior de crescimento, o bitcoin cresce por não depender de nenhum banco ou de nenhum custo de transação.

De outro modo, a agricultura orgânica aumenta-se por oferecer produtos livres de qualquer agrotóxico, sendo saudável para o consumidor e também para o meio ambiente.

Equipe Cripto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: