Empresas fecham parceria e cartão de Bitcoin poderá surgir

Anúncios

Cartão de Bitcoin ? Sim! Em entrevista dada ao site Cointelegraph, Rodrigo Da Ros, country mananger da Ripio aqui no Brasil, revela que em breve cartão de Bitcoin poderá ser lançado.

Conforme Rodrigo, a criação desse cartão deve-se ao fato da parceria entre Ripio e a gigante dos cartões Visa, já que ambas estão em um relacionamento estreito.

Além disso, o lançamento do cartão de Bitcoin com a bandeira Visa irá acontecer ainda em 2020, uma novidade e tanto para os amantes de criptomoedas.

Com a finalidade de um parceiro para a aceleração de projetos, a Visa escolheu a Ripio pois a mesma possui credibilidade e alta reputação no mercado.

Cartão de Bitcoin: Visa e Ripio para pagar contas

O cartão Bitcoin com a bandeira Visa funcionará como se fosse um cartão de débito. Desse modo você precisará fazer várias transações para poder ter seu dinheiro.

Anúncios

Além disso, poderá pagar em reais e utilizar seu saldo de Bitcoins, tudo de forma mais facilitada. Além de poder efetuar saques em reais direto no caixa eletrônico.

Essas são apenas algumas funcionalidades que o cartão Bitcoin terá. Certamente sendo uma praticidade para os usuários da plataforma Ripio.

Segundo Da Ros Grupo Bitcoin Banco e Atlas Quantum eram suspeitas

Quando perguntado sobre pirâmide financeira e casos como Grupo Bitcoin Banco e Atlas Quantum, Rodrigo diz que já tinha suspeitas que eram golpes.

Além disso, para a empresa Ripio, tantos as pirâmides financeiras ou as quedas desses dois grupos, não afetaram de modo nenhum a empresa.

A pressão do Halving sobre o Bitcoin é positiva, declara Rodrigo Da Ros

Para Rodrigo Da Ros, com poucos dias para a chegada do Halving, ele percebe que muitas pessoas estão procurando entender sobre esse universo.

Portanto é um sinal positivo para a pressão que o mercado de criptomoedas vem sofrendo. E que o futuro dos ativos digitais ninguém sabe.

Equipe Cripto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: