Porquê você nunca saberá quem é Satoshi Nakamoto

Hoje o Bitcoin é bastante conhecido e valorizado, mas o seu criador, Satoshi Nakamoto, ainda é um segredo, e provavelmente continuará sendo, leia mais e descubra.

Depois de anos de existência do Bitcoin e o crescimento da sua relevância mundial, ainda há um mistério. A identidade da ou das pessoas por trás do desenvolvimento ainda é desconhecida.

A identificação do autor no paper do Bitcoin vem como Satoshi Nakamoto, porém sua identidade ainda é desconhecida. Portanto, quem é ou quem são os desenvolvedores.

Evitar uma imagem negativa para o Bitcoin

Provavelmente Satoshi Nakamoto realmente acreditava no potencial a tecnologia no longo prazo. Então ele é um dos pioneiros da rede do Bitcoin, quando a recompensa por bloco por minerador era muito alta.

É de se imaginar que, sendo um dos pioneiros da rede, que ele possua uma quantidade considerável de Bitcoins. O que hoje é uma quantidade de dinheiro considerável, ele só teria a perder com mídia acusando-o de pirâmide.

É fato que o grande prêmio por pioneirismo que Satoshi Nakamoto provavelmente teve, pode render-lhe acusações. Portanto não há incentivos para que o verdadeiro criador do Bitcoin se apresente.

O que importa do Bitcoin é o próprio Bitcoin. As intenções de seu criador pouco importam, então é interessante que este se mantenha anônimo. O verdadeiro Satoshi Nakamoto não tem nada a ganhar com sua revelação.

Manter o anonimato é estratégico

Um dos objetivos do projeto do Bitcoin é justamente evitar intermediários nas transações para manter o anonimato. Então não é de se estranhar que Satoshi Nakamoto decida por se manter anônimo.

Com o passar do tempo, mais comuns são os ataques de integrantes do governo e de investidores do mercado tradicional. Portanto não é apenas não acreditar no potencial da tecnologia, mas esta tem se tornado inconveniente.

Governos veem no Bitcoin um grande inconveniente, a perda do controle sobre o dinheiro. Portanto à medida que o Bitcoin valoriza, o dinheiro estatal se desvaloriza sendo reconhecido como o que é mesmo, apenas papel.

Bancos odeiam o Bitcoin por se tornarem desnecessários como intermediário em uma transação. Além disso, bancos são extremamente convenientes para o governo no controle financeiro.

Os grandes poderosos do mercado financeiro e o próprio governo está diretamente ligado aos intermediários de transações. Então é de se imaginar que estas pessoas e entidades não vejam com bons olhos o Bitcoin.

Estima-se que Satoshi Nakamoto seja um Cypherpunk, assim como Edward Snowden Julian Assange, como se sabe, não tiveram final feliz. Então o conhecimento do nome por trás do Bitcoin pode render-lhe perseguições.

O caso WikiLeaks

Desde o escândalo de vazamentos de documentos WikiLeaks em 2012, o seu criador Julian Assange é perseguido. Então o governo bloqueou todas as contas para que impedisse as doações financeiras para apoiar o projeto.

Desde o bloqueio das contas da WikiLeaks o projeto abriu uma carteira de Bitcoins para que as contribuições continuassem. Então, além de ser uma ameaça à hierarquia financeira, o Bitcoin financia projetos que o governo não gosta.

Satoshi Nakamoto pode ser perseguido

Satoshi Nakamoto não atacou diretamente o governo como fez Julian Assange, mas criou o Bitcoin, um incômodo crescente aos governos. Assim como o Bitcoin, o WikiLeaks não depende diretamente do criador, mas isso não o poupou.

O WikiLeaks assim como o Bitcoin não depende da atuação do seu criador para operar. Portanto a descoberta do criador de algo que incomoda tanto as autoridades como Bitcoin pode levar Satoshi Nakamoto ao mesmo final que Julian Assange.

Equipe Cripto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: